Como o nome já revela, Kill Bill mostra uma personagem com um único objetivo: matar Bill. Porém, será que no final do filme isso realmente acontece? Ou será que uma certa teoria sobre o final de Kill Bill está correta e nos traz algo completamente diferente?

Apesar de alguns recentes deslizes cinematográficos, Quentin Tarantino ainda é tido como um dos maiores visionários de Hollywood. Entre as suas maiores obras, Kill Bill se destaca por ser um filme completamente estilizado, maluco e ainda assim coerente e com bastante substância. Muitos consideram Kill Bill o melhor filme de Tarantino.

A história de vingança, simples e direta, une elementos dos filmes de kung fu com os faroestes italianos e traz uma verdadeira obra de arte para o cinema.

O longa mostra a história de Beatrix Kiddo, também conhecida como Mamba Negra ou A Noiva, indo atrás de vingança contra o Esquadrão Assassino de Víboras Mortais e o líder do bando, Bill, também conhecido como Encantador de Serpentes.

A história conta com uma estrutura bem sólida com começo, meio e fim. Acabando com a morte de Bill. Porém, existe uma teoria sobre o final de Kill Bill que diz que na verdade a Noiva não matou o Bill de verdade, tudo não passou de uma encenação.

E esta não foi a única vez que um filme do Tarantino teve várias teorias criadas pelos fãs.

Claro, nós vemos o Bill morrer no final do segundo filme, mas ainda assim a teoria levanta alguns pontos bem interessantes. Já avisando, temos spoilers logo à frente. Se você ainda não viu Kill Bill Vol.1 e Vol.2 (não sabe o que está perdendo), vá ver e depois volte e continue lendo.

O motivo da vingança

Teoria sobre o final de Kill Bill

Quem assistiu o filme lembra muito bem: Beatrix quer se vingar do Esquadrão Assassino de Víboras Mortais porque eles tentaram a matar e principalmente por terem assassinado a sua filha ainda não nascida.

Durante todo o filme, a Noiva tem um objetivo e apenas uma motivação: Vingar a morte de sua filha.

Porém, no terceiro ato do segundo filme ela descobre que a sua filha, B.B., está viva e muito saudável vivendo com o pai, Bill. A partir deste momento, todo o ódio da Noiva e o seu motivo para voltar a ser uma assassina acabam.

Durante o filme, o instinto materno de Beatrix muda as ações dela duas vezes. Primeiro durante a luta contra Vernita Green, na qual ela interrompe a luta para não matar a mulher na frente da filha. A segunda vez é durante a luta contra os 88 loucos, quando ela poupa a vida de um pré-adolescente que estava entre os loucos.

Ao ver a filha, o instinto materno de Beatrix pode ter falado mais alto novamente, lembrando a ela o porquê de ter desistido da vida de matadora e que agora o motivo estava de volta.

A Noiva ama Bill e Bill ama a noiva

Também há o fato de que a Noiva, apesar de tudo, ama o Bill, assim como o Bill sem dúvida ama a noiva. Isso fica bem evidente em seus momentos finais juntos. Mas eles não poderiam viver juntos por causa do passado conturbado.

A morte de Bill seria a única coisa que livraria Beatrix e B.B. de um ciclo vicioso de raiva. Portanto, a teoria diz que Bill não morreu de verdade, ele apenas finge que morre para que ambos pudessem seguir suas vidas de forma separada, esquecendo da existência um do outro.

Se não fosse por isso, Bearix seria consumida por um ciclo vicioso de vingança e ódio que poderia acabar com ela e a própria filha.

Um argumento muito forte para esta teoria sobre o final de Kill Bill é que quando a Noiva está chorando de felicidade no chão do banheiro ela diz “Obrigada, obrigada”. Apesar de poder ser entendido como muita coisa, a teoria sugere que ela está agradecendo Bill por ter aceitado a sua morte fantasiosa e deixado ela livre.

A técnica dos cinco pontos que explodem o coração

A técnica mortal, ou como é chamada no filme “A técnica dos cinco pontos que explodem o coração” é o golpe final da Noiva contra Bill. Mas, se pararmos para analisar, o filme não mostra em momento nenhum ela aprendendo esta técnica.

Durante a montagem de treinamento é possível ver ela aprendendo a técnica usada para arrancar o olho de Elle Driver durante a batalha dentro do trailer de Budd. Também vemos como ela aprende a quebrar o caixão onde é presa.

Mas em momento algum é mostrado ela aprendendo ou ao menos fazendo referência a aprender a técnica mortal.

Por que Pai Mei ensinaria Beatrix a técnica mais mortal dele? Ela não é especial, não há motivo para que o mestre do Kung Fu ensinasse ela a técnica, mas não ensinasse a Bill.

Isso pode explicar porque o vilão fica tão confuso quando ela usa o famoso golpe. Durante o final, quando Bill, ainda incrédulo, pergunta “Pai Mei te ensinou a técnica dos cinco pontos que explodem o coração?”, a Noiva responde com um certo sarcasmo “Claro que ele ensinou”.

Talvez isso indique que ela realmente não tenha aprendido e que estava fingindo e Bill, como já dissemos, concordou com ela como um presente para libertá-la.

Os créditos finais

Outro ponto que reforça bastante esta teoria sobre o final de Kill Bill são os créditos finais do segundo filme. Durante o final temos um crédito estilizado com a Uma Thurman (Beatrix) dirigindo enquanto os créditos passam.

Porém, há um detalhe bem interessante. Quando aparece os nomes dos atores que interpretaram as Víboras Mortais, Lucy Liu, Michael Madsen e Vivica A. Fox, o nome deles aparece riscado, assim como a noiva riscava os nomes na sua “lista de morte”.

Quando surge o nome de Daryl Hanna, intérprete de Elle Driver, o nome aparece com um ponto de interrogação. Isso acontece porque o destino de Elle é incerto. Claro, ela foi deixada cega no meio do deserto, mas nem mesmo o filme sabe o que houve com a personagem.

Quando o nome de David Carradine, intérprete do Bill, aparece na tela, não existe risco, não há nenhum ponto de interrogação. Ou seja, se podemos interpretar que os créditos seguiram o que aconteceu com cada personagem, Bill está vivo.

Então, o que vocês acham desta teoria sobre o final de Kill Bill? Deixe para a gente nos comentários! Aproveitando, que tal conferir o que achamos do Trailer de Rampage? 

 

, ,

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 736 outros assinantes

Parceiros

GeraLinks - Agregador de links