Gods: Lands Of Infinity - Special Edition

Gods: Lands Of Infinity – Special Edition

Certo dia, procurando jogos nas interwebs, me deparei com este RPG: Gods: Lands Of Infinity – Special Edition. Inicialmente eu não acreditei muito nesse jogo, mas baixei, pois estava com vontade de jogar algum RPG diferente.

Quando fui jogar, a qualidade do jogo me pareceu ótima, fiquei encantada com os cenários, com a história, jogabilidade e tudo mais. Como muitos, esse jogo merece ter o seu reconhecimento e por isso estou fazendo este post sobre ele.

Primeiro, o enredo: No antigo mundo de Bellarion está acontecendo uma grande guerra entre os Deuses. O conflito foi iniciado quando Xarax, líder dos deuses de Bellarion foi assassinado e os Deuses começaram a brigar pelo direito ao Trono Divino.

Após muita discussão, eles chegaram a um acordo: seria realizado um Desafio Final, onde todos usariam seus poderes para mostrar quem era o mais forte de todos, porém, os deuses que perderam no desafio não aceitaram a derrota e atacaram os adoradores do vencedor, deixando-o mais fraco.

Após 2000 anos de batalhas, Bellarion ficou devastado. Os deuses ficavam com seus exércitos em fortalezas seladas com armadilhas mágicas e ninguém conseguia a vitória, até que o Deus da Escuridão, Mortagorn, encontrou uma nova arma. Os cléricos do seu castelo começaram a aparecer com uma arma que possuía um cristal pálido na ponta que tinha o poder de derrubar os inimigos apenas emitindo uma luz fria. Nenhuma defesa mágica ou física adiantava.

Com isso, Mortagorn dominou grande parte do campo de batalha, todas as tentativas dos outros deuses de descobrir uma forma de se defender foram em vão.

Como uma última esperança, Arswaargh, Deus do Fogo criou Viven do seu próprio corpo astral e a fez viajar através do tempo e do espaço, por vários mundos, em busca de uma arma efetiva contra o exército de Mortagorn.

O jogo começa quando Vivien abre seus olhos no mundo de Antasion, completamente desconhecido para ela. Enquanto viajava, Vivien rompeu o balanço divino do novo mundo e sua essência divina se dispersou, sendo absorvida igualmente pelos deuses de Antasion.

Com isso, Vivien se tornou uma mortal e deve procurar pelos deuses desse novo mundo para recuperar seus poderes e uma arma efetiva contra os Cristais da Morte de Mortagorn.


Cena de batalha de Gods: Lands Of Infinity - Special Edition

Cena de batalha de Gods: Lands Of Infinity – Special Edition

O enredo é interessante, um bom enredo de RPG. Você começa o jogo em um porto em Antasion onde Vivien abre os olhos pela primeira vez e é guiada por seu criador, Arswaargh.

Vale lembrar que é a Special Edition do jogo, que tem algumas diferenças, como por exemplo gráficos melhores, todos os patchs já instalados, mais opções de itens e alquimia e a modelo Kyla Cole representando a protagonista.

Gods: Lands Of Infinity – Special Edition é um RPG em primeira pessoa com batalhas por turnos. Os personagens tem classes que podem evoluir com o cumprimento de treinamentos e tarefas. No início você começa com apenas Vivien no grupo, mas no decorrer do jogo esse grupo aumenta consideravelmente, guerreiros de várias classes vão se unindo á você durante a jornada.

Uma diferença deste jogo é o fato dos personagens terem fome e sede. Os alimentos não enchem o HP dos personagens, apenas saciam a fome e a sede que influemciam bastante em seu desempenho. Para recuperar HP e MP a melhor opção é dormir. Uma recomendação é dormir durante a noite e acordar de manhã bem cedo, pois á noite os cenários são muito escuros e fica difícil avistar inimigos, itens, caminhos ou qualquer outra coisa.

O primeiro cenário do jogo já é encantador, as cidades do jogo em geral são muito bem feitas e variadas. A trilha sonora também é muito boa, totalmente fiel ao clima medieval do jogo. Os personagens são bem trabalhados, nota-se uma atenção especial á Vivien, porém, nada que chegue a atrapalhar ou incomodar. Sempre que você troca a armadura dela, suas roupas mudam, e devido á inclusão da modelo no jogo, Vivien possui uma face “real”.

Tela de equipamentos de Vivien em Gods: Lands Of Infinity - Special Edition

Tela de equipamentos de Vivien em Gods: Lands Of Infinity – Special Edition

Eu gostei muito do jogo, porém, me deparei com algumas situações que podem desanimar certos jogadores, como uma parte onde o grupo está super forte e de repente fica apenas Vivien e Ervin no grupo. Nesta parte, você precisa lutar contra certos inimigos em uma arena e se esses personagens não estiverem evoluídos, provavelmente não será possível passar esta parte.

Além disso, certas caminhadas em florestas podem se tornar um pouco cansativas, principalmente se a sua bolsa estiver cheia, o que faz com que a personagem caminhe bem mais devagar.

Gods: Lands Of Infinity – Special Edition é um jogo bem divertido, porém, é mais recomendado para quem gosta mesmo de RPGs como os da franquia Elder Scrolls.

Deixo a recomendação e algumas dicas:

  •  Faça as quests não obrigatórias também, pois dão boas recompensas.
  • Muito cuidado ao distribuir os atributos de Vivien, pois ela pode seguir todas as classes.
  • Se o personagem morrer, muitas vezes é melhor carregar o jogo, pois as poções de cura são extremamente caras.
  • Pesquise pelos preços de compra e venda nas cidades antes de fazer negociações, certos comerciantes compram itens por preços altíssimos.
, ,

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 731 outros assinantes

Parceiros

GeraLinks - Agregador de links