Os filmes de super-heróis estão em alta novamente graças ao grande sucesso das apostas da Marvel e da DC nos cinemas. Vemos desde filmes de heróis conhecidos do público como Homem-Aranha e Mulher Maravilha até histórias de personagens que não eram tão conhecidos até então como é o caso dos Guardiões da Galáxia e Homem-Formiga.

Mas durante todos esses anos os filmes de super-heróis não deixaram de ser produzidos. Alguns deles até tiveram uma boa recepção quando foram lançados, mas depois acabaram sendo esquecidos por muita gente. Veja neste vídeo 7 filmes de super-heróis que caíram no esquecimento. Se preferir, confira a versão em texto abaixo.

7 Filmes de super-heróis que caíram no esquecimento

1 – Geração X (1996)

7 Filmes de super-heróis que caíram no esquecimento

Geração X

Após o lançamento do longa de Batman em 1989, as hqs voltaram a fazer sucesso entre o grande público. E a Marvel resolveu aproveitar um pouco do resultado do sucesso da sua rival, só que as suas escolhas não foram das melhores. Nesse período a empresa trabalhou no filme do Capitão América em 1992 e depois no Quarteto Fantástico de 1994 que nunca foi lançado oficialmente.

Mas os desenhos estavam indo bem. O Homem-Aranha e os X-Men estavam sendo muito bem recebidos em sua versão cartoon. Foi aí que a Marvel decidiu lançar um filme para TV.

Em 1994 surgia Geração X, um spin-off de X-Men criado por Scott Lobdell e Chris Bachalo. O grupo liderado por Emma Frost e Banshee era formado por jovens mutantes que se tornariam sucessores dos X-Men no futuro.

A Fox, que estava com os direitos sobre o X-Men para a TV, achou que Geração X seria perfeita para trazer os mutantes para o grande público. Então, junto com a New World Entertainment, a mesma responsável pelo filme do Quarteto Fantástico que nunca foi lançado, produziu o piloto para TV baseado nos personagens de Geração X.

O longa se passa em um futuro onde os mutantes estão começando a surgir, como nos filmes do Bryan Singer. E assim como na HQ, eles começam a treinar em uma escola para super-heróis. Mas um cientista louco chamado Russel Tresh começa a invadir os sonhos desses mutantes com o intuito de conseguir super-poderes e passar a sua mensagem. E tudo vira um verdadeiro pesadelo já que o cara é uma mistura de Jim Carrey com Freddy Krueger.

Ele continha personagens das HQs, mas tudo que seria caro demais para gravar acabou sendo removido. O longa não foi para a frente, mas o piloto foi exibido na TV em 1996.

2 – O Sombra (1994)

O sucesso de Batman não levou apenas a Marvel a querer investir em filmes. Alguns quadrinhos de história policiais também resolveram apostar na volta dos quadrinhos. Um deles foi o clássico de detetive O Sombra.

Essa não é uma escolha tão improvável, já que há até alguns elementos em comum com o Batman. E o filme foi relativamente bem, com críticas divididas. O diretor Russell Mulcahy, que já tinha em seu currículo o grande Highlander, conseguiu fazer uma adaptação interessante com uma boa ambientação e nomes como Alec Baldwin, Ian McKellen e Tim Curry no elenco.

O Sombra teve os seus momentos de fama, mas acabou caindo no esquecimento depois. Desde a metade dos anos 2000 que estão para fazer um reboot, mas nenhum dos projetos foi para frente.

3 – Darkman – Vingança sem Rosto (1990)

Darkman – Vingança sem Rosto

Quando se fala em filmes de super-heróis de Sam Raimi, a primeira coisa que nos vem em mente é a trilogia de filmes do Homem-Aranha. Mas o que pouca gente se lembra é que ele teve um filme de super-herói original nos anos 90, Darkman.

Estrelado por Liam Neeson, além de ser um filme de super-herói, ele ainda faz uma homenagem aos filmes de terror dos anos 30. O ator interpreta Peyton Westlake, um cientista que está trabalhando em uma pele sintética. Mas seu destino muda quando ele se envolve na investigação de um psicopata. Ele é deixado para morrer após uma explosão no seu laboratório e sobrevive, mas com o rosto desfigurado. É aí que ele começa a usar a sua pele sintética para se tornar um super-herói que pode se disfarçar de qualquer um e vai atrás de vingança contra aqueles que tentaram matá-lo.

Darkman é uma mistura de ação, terror e humor politicamente incorreto que acabou sendo esquecido como um filme de super-herói. Mas na época ele teve uma boa repercussão e até ganhou duas sequências.

4 – Doutor Estranho (1978)

Doutor Estranho

No final de 2016 a Marvel lançou um grande filme para os fãs do Mago Supremo. Estrelado pelo brilhante Benedict Cumberbatch, Dr. Estranho entrou para o universo cinemático da Marvel com grande estilo.

Mas antes de fazer todo esse sucesso nos cinemas, o negócio da Marvel era lançar filmes para TV. Esses filmes serviam como lançamento para as suas séries no canal americano CBS. E foi aí que entrou em jogo o filme do Dr. Estranho.

No filme, a vilã Morgan Le Fay, que é interpretada por Jessica Walter quer matar o Mago Supremo (John Mills) ou levar o seu sucessor, que é o Dr. Estranho (Peter Hooten) para o lado do seu mestre. Para isso ela possui o corpo de uma jovem chamada Clea (Anne-Marie Martin) que se torna paciente do Estranho e seu interesse romântico.

Apesar de malsucedido, o filme foi feito para ter sucesso, com direito a um elenco com certo prestígio e vários efeitos especiais improvisados para dar mais vida ás batalhas mágicas. Só que ele não foi lançado em uma época favorável e a recepção do público e da crítica foi muito baixa.

5 – Nick Fury: Agente da S.H.I.E.L.D. (1998)

Nick Fury: Agente da S.H.I.E.L.D.

Nos anos 90, David Hasselhoff era um nome bastante popular. Baywatch, ou S.O.S. Malibu, teve 11 temporadas, além de spin-offs, filmes para TV e até mesmo participações especiais. E como já sabemos, a Marvel estava investindo nos títulos lançados direto para TV. Foi aí que Hasselhoff teve a oportunidade de se tornar Nick Fury, o comandante da S.H.I.E.L.D.

O filme foi exibido na Fox em 1998 e foi considerado de mediano a ruim pelos críticos. Em 2012 Hasselhoff quis outra chance de interpretar o personagem, que hoje está a cargo de Samuel L. Jackson. E David ficou mesmo é como uma aparição de Zardu Hasselfrau em Guardiões da Galáxia. Além de ter estrelado o clipe Guardians Inferno que é muito legal.

6 – Doctor Mordrid – O Mestre do Desconhecido (1992)

Doctor Mordrid – O Mestre do Desconhecido

Desconhecido para muitos, este é um filme que tem uma história bem interessante. No início dos anos 90, o produtor Charles Band estava indo muito bem em sua carreira com vários títulos de baixo orçamento. E foi então que ele conseguiu os direitos de produzir um filme do Dr. Estranho.

Aproveitando esta oportunidade única, ele preparou o script e a produção começou, mas aí surgiu um problema: os direitos expiraram antes que as filmagens pudessem começar. Só que ainda assim Band não abandonou o projeto. Ele reescreveu o roteiro retirando os personagens originais da Marvel, e foi aí que surgiu Doctor Mordrid.

Estrelado por Jeffrey Combs, o filme foi lançado em 1992 e foi bem recebido pelos críticos, mas não o suficiente para ganhar uma continuação.

7 – O Julgamento do Incrível Hulk (1989)

O Julgamento do Incrível Hulk

A série do Demolidor da Netflix teve uma excelente recepção. Ela traz uma mistura de histórias de crimes, drama e super-heróis de forma bem fiel ás HQs. Até mesmo os trajes do Homem sem Medo foram muito bem representados. Mas esta não é a primeira aparição do Demolidor na TV, assim como o filme estrelado por Ben Affleck também não foi.

Em 1989 tivemos O Julgamento do Incrível Hulk, um filme que veio como sequência da série do Incrível Hulk dos anos 70 e piloto de uma futura série do Demolidor do canal americano NBC.

Com o intuito de proteger a sua identidade, David Banner fica mudando de cidade. E em uma dessas cidades ele impede um crime que estava para ser cometido por capangas do Rei do Crime, o grande vilão do Demolidor. Após afastar os criminosos como Hulk, David é preso e o seu advogado de defesa é Matt Murdock.

É aí que os heróis se unem para incriminar o Rei do Crime, Wilson Fisk. Mas no ato final do filme, o foco fica em sua maior parte no Demolidor que aparece em um traje preto semelhante ao que é usado no início da série da Netflix.

E a ideia não era fazer só uma série do Demolidor. Este filme é uma sequência de A Volta do Incrível Hulk de 1988 que colocava Hulk ao lado de Thor, o Deus do Trovão.

Nenhuma das duas séries foram feitas e esta fase do Hulk acabou em 1990 com A Morte Do Incrível Hulk, um dos últimos trabalhos do ator Bill Bixby que faleceu em 1993.

O que achou desta lista? Conhece mais filmes de super-heróis que acabaram caindo no esquecimento? Deixe os nomes deles aqui nos comentários.

, , , , , , , ,

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 736 outros assinantes

Parceiros

GeraLinks - Agregador de links