Muitas vezes coisas inexplicáveis acontecem na vida das pessoas, e mesmo em Hollywood isso não é exceção. Alguns filmes têm histórias bem sinistras por trás das câmeras, algumas delas são até mais assustadoras do que os próprios filmes de terror.

Confira na lista abaixo filmes com histórias trágicas e um tanto assustadoras.

1 – O Mágico de Oz

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras – O Mágico de Oz

Uma das lendas urbanas de filmes mais famosas é justamente de O Mágico de Oz. Você já deve ter visto o vídeo que supostamente mostra um Munchkin enforcado no fundo da tela. Bom, essa história é falsa, na versão remasterizada do filme é bem fácil notar que na verdade havia um pássaro ali.

Porém, ainda assim o filme é marcado por algumas histórias ruins. Buddy Ebsen, o Homem-de-Lata original, teve que desistir do filme devido a uma reação grave ao pó de alumínio utilizado na maquiagem.

Já Margaret Hamilton que fez a Bruxa do Oeste, sofreu queimaduras faciais devido a um efeito de fogo que não funcionou como deveria. Com a sua dublê foi ainda pior, ela foi parar no hospital após uma vassoura feita para soltar fumaça explodir.

Até mesmo o pobre Toto quebrou a patinha após ter levado um pisão durante a produção do filme.

2 – Atuk

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras – Atuk

Atuk seria uma comédia sobre um esquimó que foi viver nos Estados Unidos. Seria, pois ele nunca foi lançado.

Baseado na popular novela The Incomparable Atuk de Mordecai Richler, Atuk teve a sua primeira tentativa de sair do papel em 1971 com o diretor Norman Jewison que convidou John Belushi para ser o ator principal.

O desenvolvimento do filme ficou parado até 1982 quando Belushi leu o script e aceitou fazer o personagem. Porém, em março do mesmo ano ele acabou falecendo devido a uma overdose de drogas.

Em 1988 houve outra tentativa de gravar o filme, dessa vez estrelando o controverso comediante Sam Kinison. Após um longo período de negociação entre Kinison e o estúdio studio United Artists, a morte do ator acabou cancelando a produção do filme.

Anos depois, John Candy e Chris Farley também demonstraram interesse no papel, porém ambos tiveram mortes repentinas.

3 – Paixão de Cristo

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras – Paixão de Cristo

Paixão de Cristo de Mel Gibson causou muito alvoroço mesmo antes do seu lançamento em 2004. Durante as gravações, o diretor assistente Jan Michelini foi atingido por raios duas vezes. Muito azar, não é mesmo?

Pois é, mas o ator Jim Caviezel, que fez Jesus, também foi atingido por um raio nas filmagens. Caviezel se machucou e sofreu bastante durante as filmagens, ele sofreu tanto stress emocional que precisou fazer uma cirurgia no coração depois das filmagens.

4 – Poltergeist

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras – Poltergeist

O clássico do terror Poltergeist é cercado por muitas histórias sinistras. Quatro atores morreram num intervalo de seis anos após o seu lançamento.

A atriz JoBeth Williams contou que na cena em que é atacada por esqueletos, o diretor Steven Spielberg usou esqueletos de verdade, pois eles eram bem mais baratos.

Além disso, após o lançamento do filme, Dominique Dunne, que interpretou Dana Freeling, foi assassinada por um ex-namorado.

5 – O Bebê de Rosemary

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras – O Bebê de Rosemary

O Bebê de Rosemary é um filme que conta a assustadora história de uma mulher que passa a ser atormentada por uma suposta seita satânica. Por trás das câmeras, ele também tem uma história um tanto sinistra.

Durante as filmagens, a atriz Mia Farrow recebeu os papéis de divórcio e foi forçada a comer fígado cru, mesmo sendo uma vegetariana estrita. Em 1968 o compositor Krzysztof Komeda sofreu um acidente trágico e morreu devido a um coágulo de sangue na cabeça, assim como um dos personagens do filme.

E como se já não bastasse de tragédias, os seguidores de Charles Manson assassinaram a família de Roman Polanski um ano após o lançamento do filme.

6 – A Profecia

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras – A Profecia

Outro grande nome do terror, o filme A Profecia também teve os seus imprevistos durante a gravação.

O ator principal e os roteiristas tiveram o avião atingido por um raio a caminho do local onde o filme seria filmado. E os acontecimentos estranhos não acabam por aí.

O hotel onde o diretor estava sofreu um bombardeio do IRA (Exército Republicano Irlandês) e o avião que a equipe original usou para viajar acabou caindo, matando todos a bordo.

7 – O Exorcista

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras – O Exorcista

Considerado um dos filmes mais assustadores de todos os tempos, O Exorcista mexe com um tema que até hoje desperta medo em muitas pessoas.

Muitos juram que o set de O Exorcista era amaldiçoado, apesar de muitos envolvidos no filme alegarem que a maldição não se passa de uma lenda.

Durante a produção, nove pessoas morreram, incluindo o ator Jack MacGowran. Além disso, o set pegou fogo e as atrizes Ellen Burstyn e Linda Blair se machucaram feio no set.

Os produtores até chamaram um padre para exorcizar o set, que recusou a proposta e ofereceu orações ao time.

8 – Sangue de Bárbaros

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras – Sangue de Bárbaros

Com John Wayne como Genghis Khan, Sangue de Bárbaros é um filme épico lançado em 1956 que conta a história de amor entre Khan e a princesa Tartar. Apesar do elenco, ele foi um grande fracasso tanto na crítica quanto para o público, sendo considerado um dos piores filmes dos anos 50.

Porém, isso não foi nada comparado ao que aconteceu com a equipe e os atores.

Em 1980, quase metade dos envolvidos no filme desenvolveu câncer. Até mesmo Hayward, Wayne, Moorhead e Powell que acabaram falecendo devido à doença.

Pesquisas indicaram que isso ocorreu porque o local onde o filem foi gravado em Utah havia sido uma das plataformas de testes de bombas nucleares. Para complicar mais as coisas, o produtor Howard Hughes tinha levado 60 toneladas de areia do local para Hollywood para filmagens adicionais e produção de efeitos sonoros.

9 – O Corvo

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras – O Corvo

A história trágica por trás da produção de O Corvo é considerada por muitos uma verdadeira maldição, para outros ele pode ter sido assassinado.

Faltando apenas três dias para o fim das filmagens, o ator Brandon Lee morreu ao ser atingido por uma bala de verdade durante uma das cenas onde o protagonista Eric Draven lutava contra bandidos.

Na gravação de muitos filmes, são utilizadas armas de verdade carregadas com festim para causar explosão dando o efeito do tiro. Porém em uma cena anterior foi necessário carregar a arma com munição de verdade para dar um efeito mais realista e acidentalmente um dos projéteis ficou preso, sendo disparado acidentalmente na trágica cena.

10 – Apocalypse Now

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras

10 Filmes com histórias trágicas por trás das câmeras – Apocalypse Now

Um dos filmes mais aclamados de todos os tempos, Apocalypse Now, tem uma das histórias de produção mais infernais de todos os tempos.

O diretor Francis Ford Coppola decidiu gravar o filme nas Filipinas, mesmo tendo sido avisado pelo seu amigo Roger Corman que o ambiente não seria adequado para isso.

Durante as gravações, Martin Sheen bebeu tanto que teve um ataque cardíaco durante as filmagens e quase morreu antes de gravar a sua parte.

Dennis Hopper também causou problemas devido ao uso de cocaína e Marlon Brando, que já é conhecido por ser um cara difícil de trabalhar, ganhou tanto peso que boa parte das suas cenas contém sombras.

Todos os envolvidos acabaram sofrendo bastante durante a produção de Apocalypse Now. O tempo constantemente destruía elementos do set e a falta de instalações médicas adequadas fez com que os membros da equipe tivessem que lavar as suas feridas com vodka. Um membro da equipe chegou a morrer no set.

O stress crescente na produção afetou até mesmo a saúde de Coppola que acabou perdendo muito peso, teve um ataque epilético e contemplou suicídio diversas vezes.

, , , , , , , , , , ,

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 731 outros assinantes

Parceiros

GeraLinks - Agregador de links